domingo, 30 de novembro de 2008

Crocitadelas III

Caro amigo Corvo,
Hoje é o teu dia de sorte, tirei este Domingo só para ti! Vamos agora falar do Sr. da Serra.
Era uma vez uma IPSS, a ADFP, que decidiu criar estruturas sociais nas diferentes freguesias.
Em Rio de vide criou um Centro Social mas sempre enfrentou uma guerra movida pelo Presidente da Junta.
Em Vila Nova nunca lhe cederam um terreno para construir. Possuiu um Centro de dia na antiga escola de Vila Nova mas a junta foi ocupando o espaço e obrigou a IPSS a encerrar o centro de Dia por falta de condições capazes de atrair utentes.
Em Lamas a Presidente da Junta (depois de mudar do PSD para o PS) tentou impedir a ADFP de construir o Centro Social e até tentou que a Caritas viesse para a freguesia para impedir a ADFP de trabalhar na freguesia.
Em Semide a IPSS fez o projecto para a reconstrução da Casa da Botica mas a junta e a Câmara do Sr. Cosme não só impediram a obra como ressuscitaram a Misericórdia local para impedir a ADFP de avançar.
Todos estes Presidentes de Junta fizeram esta guerra a mando do autarca Cosme. As pessoas do Sr. da Serra, quando viram a nova escola construída e os terrentos da anterior escola desocupados, decidiram pedir À ADFP para construir um Centro Social com lar no local.
Tomaram a iniciativa de contactar a câmara e exigiram que a autarquia cedesse á ADFP por 50 anos os terrenos para se construir o dito lar. A Câmara e a Assembleia Municipal concordaram com a vontade das pessoas do Sr. da Serra.
O Centro social, que vai incluir um lar e creche está a ser construído. Este lar vai aceitar pessoas do concelho e, quando tiver vagas, vai ainda aceitar pessoas de Coimbra. Vai também aceitar crianças do Sr. da Serra e de outros lugares vizinhos sempre que houver vagas. Este Centro Social vai criar cerca de 30 empregos logo na primeira fase.
E agora, para acabar, a tal crocitadela que vais adorar.
Sabes porque esta estrutura está a ser construída no Senhor da serra e não em Lamas, Semide, Rio de vide ou Vila Nova? Porque as pessoas do Senhor da Serra acarinharam a ADFP, enquanto os tais presidentes de Junta, para fazer o frete ao Cosme, ficaram sem o investimento e sem os empregos. Serviram o chefe mas lixaram as suas freguesias, lixaram as famílias que os elegeram.

2 comentários:

zecorreia79 disse...

No site do "corvo" foi publicado um post acerca da certificação que põe em causa meses de trabalho dos funcionários da autarquia e que demonstra a total falta de conhecimento sobre o assunto...

Deixei um comentário explicativo que não resultou na correcção do post, por isso deixo aqui também o comentário, para, se possivel, ser divulgado:


" O código ER-0328/2008 não é referente a uma norma mas sim ao número do certificado atribuído à autarquia.

O desenvolvimento do sistema da qualidade englobou uma primeira fase de formação e posteriormente de elaboração e definição de procedimentos, pelos funcionários da autarquia, em colaboração com a empresa Iberogestão.

Após esse período a autarquia foi submetida a uma auditoria de concessão, por uma empresa certificadora externa, tendo os serviços da autarquia obtido a certificação segundo a norma NP EN ISO 9001:2000, pela empresa Lusaenor e IQNet - The International Certification Network.

Ver sites:

www.lusaenor.com/PT/buscador/resultadosempresas.asp

www.iberogestao.pt/..."


Obrigado,

zecorreia79

Anónimo disse...

Continua a ser extremamente incompreensível esta c^ªamara ganhar esta certificação tendo como todos sabemos os problemas que tem a nivel de água e saneamento